Futebol de Goyaz e suas histórias


  • 161 programa(s) encontrado(s)


  • Futebol de Goyaz e suas histórias - 36ª edição - Zé Henrique


    Zé Henrique foi um dos grandes ponteiros do futebol goiano na década de 1970 e 1980. Seu nome é uma homenagem a um dos dirigentes do Goiânia, José Henrique da Veiga Jardim, que era amigo de seu pai. O atleta é filho de Cirineu Gonzaga, o Cisquinho, jogador do Goiânia na década de 1950 e bastante goleador. Iniciou a carreira no Vila Nova onde conquistou o tetracampeonato, o maior título da história colorada.

  • Futebol de Goyaz e suas histórias - 35ª edição - Lançamento site


    A 35ª edição do Futebol de Goyaz e suas histórias foi dedicada ao lançamento oficial do site www.futeboldegoyaz.com.br. Premiou ouvintes da Rádio 730 e recebeu Enzo Lisita e Urias Crescente.

  • Futebol de Goyaz e suas histórias - 34ª edição - Tomazinho


    O programa Futebol de Goyaz e suas histórias conta um pouco da história de Tomazinho. O ex-ponta-direita brilhou com a camisa do Goiás, do Goiânia, foi ídolo no Atlético-MG e defendeu o Palmeiras. Como treinador, comandou o Goiás no Campeonato Goiano em 1965 e deu ao Galo Carijó o último título de campeão goiano em 1974.. Lista de videos postados em diferentes lugares do Brasil e do Mundo. Use a caixa de pesquisa para encontrar mais postagens.

  • Futebol de Goyaz e suas histórias - 33ª edição - Jair Porrete


    Depois de ver o Vila Nova conquistar três títulos consecutivos (algo até certo ponto impensável nos dias atuais), o futebol goiano voltou a ter o Atlético como campeão em 1964. Muito graças a um atacante mineiro chamado Jair Porrete. Ele que garante ter marcado o primeiro gol do estádio Mineirão é o nosso convidado da 33ª edição do Programa Futebol de Goyaz e suas histórias.

  • Futebol de Goyaz e suas histórias - 32ª edição - Silvinho


    Em sua 32ª edição, o Futebol de Goyaz e suas histórias recebe o ex-jogador Silvinho. Um dos maiores ídolos da história do Goiânia Esporte Clube.



Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O Campinas teve dois artilheiros de campeonatos goianos: Waltercides com 19 anos, em 1963, quando o clube se chamava Campineira e Lindenberg, em 1971, que dividiu a artilharia com Carlos Ramos, do Goiânia, ambos com 9 gols.