Futebol de Goyaz e suas histórias


  • 144 programa(s) encontrado(s)


  • Futebol de Goyaz e suas histórias - 44ª edição - Géferson Aragão e o futebol em Caldas Novas


    Com o acesso do Caldas Novas Atlético Clube para a 1ª divisão, a cidade das águas quentes voltou a ter um representante na elite. O dirigente Géferson Aragão é o convidado do Futebol de Goyaz e suas histórias e conta passagens do futebol na cidade.

  • Futebol de Goyaz e suas histórias - 43ª edição - Lincoln, o Leão da Serra


    Nesta 43ª edição, a equipe do Futebol de Goyaz e suas histórias volta a década de 1970, um dos grandes tempos do futebol goiano e um dos grandes saltos de qualidade de nossas equipes. Neste período surgiu Lincoln de Freitas Neves, atacante de faro de gol e técnica apurada. Inicialmente chegou para o Vila Nova, onde teve uma passagem frustrada. Se transferiu para o Goiás, onde foi ídolo, artilheiro e chamou a atenção do futebol brasileiro.

  • Futebol de Goyaz e suas histórias - 42ª edição - Sebastião Macalé


    Um dos ícones da história do futebol goiano e do Goiás Esporte Clube, o ex-zagueiro Sebastião Macalé é o convidado da 42ª edição do programa Futebol de Goyaz e suas histórias. O personagem mergulha no passado para contar várias histórias de sua brilhante carreira.

  • Futebol de Goyaz e suas histórias - 41ª edição - Robston


    A edição número 41 do Futebol de Goyaz e suas histórias traz um personagem polêmico do futebol goiano na última década. Com temperamento forte e bom futebol, Robston marcou história no renascimento do Atlético-GO e se encaixou muito bem no Vila Nova. Atualmente, o meio-campista se recupera de um caso de doping e deve voltar aos gramados em 2015.

  • Futebol de Goyaz e suas histórias - 40ª edição - Pedro Goulart e o Goiás


    Mineiro de Araxá, Pedro Goulart é um dos raros casos de homens que foram presidentes de dois clubes de futebol. Com orgulho e fala polida, Pedrinho admite ter o coração dividido em duas cores. De um lado a cor azul do CRAC de Catalão, clube de futebol que ajudou a construir e conquistar o título de 1967. Do outro, a cor de esmeralda que pinta a camisa do Goiás Esporte Clube, sua grande paixão. Na Serrinha, Pedro Goulart ajudou de muitas maneiras, desde um diretor de futebol até ao ocupar a cadeira da presidência executiva entre 2008 e 2009. Aos setenta e quatro anos, Pedrinho Goulart pode se orgulhar de ter contribuído com a construção da história de dois grandes clubes do futebol goiano.



Programa de rádio

Edição 144 - Odon

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


Em 1993, a Revista Placar espalhou urnas pelo país para conhecer os clubes com as maiores torcidas. Em Goiás, o Atlético ganhou de goleada somando 68120 votos, e recebeu o título de “o mais querido dos goianos”. O Dragão somou mais votos que Goiás e Vila Nova juntos. O quarto colocado foi o Independente (um time amador de Goiânia) e o Goiânia veio na sequência.