Campeonato Brasileiro - Série D 2015, Primeira fase - 9ª rodada

Sábado, 05/09/2015 19:00 - Valdeir José de Oliveira - Goianésia-GO (BRA)


Escalações


Goianésia

(TEC) Marcelo Froeder



4-4-2
Leandro
Edson Pelezinho
Luciano
Felipe
Elivelto
Roni
Jackson
Jean Carlos
Gilberto
Nicky
Ricardo
Victor Gabriel
Thomas Ricardo
Gabriel

Central

(TEC) Celso Teixeira



4-4-2
Santos
Alex Murici
Cris
Éverton
Altemar
Robson Simplício
Sinval Victor
Izaías
Anderson Paulista
Dudu
Luquinhas
Reinaldo Alagoano
Anderson
Candinho


Ocorrências da partida


6'/1 Thomas Ricardo
23'/1 Ricardo
25'/1 Éverton
36'/1 Felipe
37'/1 Altemar
43'/1 Luciano
0'/2 Roni
3'/2 Ricardo
6'/2 Anderson Paulista Dudu
9'/2 Elivelto
13'/2 Elivelto
20'/2 Ricardo Victor Gabriel
24'/2 Candinho
25'/2 Candinho
27'/2 Anderson Paulista
28'/2 Luquinhas
30'/2 Robson Simplício Sinval Victor
32'/2 Thomas Ricardo Gabriel
38'/2 Jackson Jean Carlos
41'/2 Sinval Victor
43'/2 Reinaldo Alagoano Anderson
47'/2 Felipe
47'/2 Jean Carlos

Público e renda


Renda: R$ 25.220,00
Público: 1.265

Arbitragem





Observações


O atacante Viola, do Central-PE, recebeu cartão amarelo quando estava no banco de reservas por atitude antidesportiva. Os treinadores das duas equipes foram expulsos, no segundo tempo, por causa de reclamações excessivas contra a arbitragem.


Vídeo




Crônica


Reprodução
Por Futebol Goiano

Goianésia encerra participação na Série D com derrota

O Goianésia se despediu do Campeonato Brasileiro da Série D com derrota. Na noite deste sábado, o Azulão do Vale perdeu para o Central de Caruaru por 2 a 1, no estádio Valdeir José de Oliveira, em Goianésia, pela nona rodada. Quatro jogadores foram expulsos: Erivelto, Felipe e Jean Carlos (Goianésia) e Luquinhas (Central).

Goianésia abiu o placar aos 23 minutos do primeiro tempo.Ricardo recebeu a bola ... Abrir crônica


Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


Em 1985, A Caixa Econômica Federal ofereceu o prêmio de Cr$ 400 mil para o jogador que fizesse mais gols no segundo semestre. O atacante Bill do Atlético marcou 24 gols, ganhou o dinheiro e, por isso, recebeu o status de "artilheiro do Brasil".

Históricos em destaque

Paraná-PR (BRA)

7 x 3

Vila Nova-GO (BRA)

Ver histórico completo



Atlético-GO (BRA)

2 x 1

São Bento-SP (BRA)

Ver histórico completo



Fortaleza-CE (BRA)

4 x 3

Goiás-GO (BRA)

Ver histórico completo