Campeonato Brasileiro - Série B 2000, Primeira fase - 13ª rodada

Domingo, 17/09/2000 - Serra Dourada - Goiânia-GO (BRA)


Escalações


Vila Nova

(TEC) Roberto Oliveira



4-4-2
Cássio Luiz
Airton
Wellington
Wladimir
Dione
Betinho
Cléber Goiano
Batata
Fabinho
Donizete
Valdeir
Careca
Anderson Barbosa

Paysandu

(TEC) Givanildo Oliveira



4-4-2
Ronaldo
Mantena
Sérgio
Nei
Rúbens
Rogerinho
Sandro
Zé Augusto
Da Silva
Trindade
Tico
Edil


Ocorrências da partida


Dione
Valdeir
Mantena
Trindade
Sandro Zé Augusto
Da Silva
Wellington Wladimir
Batata Fabinho
1'/2 Anderson Barbosa
49'/2 Rúbens

Público e renda


Renda: R$ 6.150,00
Público: 2.035

Arbitragem





Crônica


Por TERRA

Vila Nova-GO e Paysandu empataram em 1 a 1, neste domingo, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, em partida válida pelo grupo B do Módulo Amarelo da Copa João Havelange. Anderson, em cobrança de falta, abriu o placar para o Vila, mas Rubens, nos acréscimos da segunda etapa, empatou para o time paraense. De Paula, do Paysandu, recebeu cartão vermelho.

Com o resultado, o Paysandu passou a somar 18 pontos na tabela, oito a mais que o Vila Nova, que continua na penúltima col... Abrir crônica


Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O primeiro time de futebol de Goiânia foi fundado no dia 28 de abril de 1936. A União Americana Esporte Clube foi idealizada por jovens que migraram da Cidade de Goiás para a nova Capital. O nome foi uma homenagem aos dois tradicionais rivais de Vila Boa de Goiás, a Associação Atlética União Goiana e o América Sport Club. O primeiro presidente do clube foi Elísio Taveira, que já era um dos maiores militantes do futebol na cidade de Goiás.