06/04/2017 19:56  •  Atualizada em 06/04/2017 19:56

Da base a Libertadores – Conheça a história de Raimundo Queiroz

O ex-conselheiro passou por vários cargos no departamento de futebol do Goiás até assumir a presidência


Internet

A primeira semana do mês de abril foi marcada por muitas celebrações no futebol goiano. Depois de homenagear o Atlético, chegou a hora de exaltar as glórias esmeraldinas que completou 74 anos, nesta quinta-feira. Para tal, vamos buscar detalhes, curiosidades e esclarecimentos de um dos dirigentes mais lembrados da história do Goiás Esporte Clube no século XXI: A edição #146 do Futebol de Goyaz e suas histórias, deste domingo, as 12h, será com Raimundo Joaquim Queiroz.

Nascido na cidade Iaciara-GO, Raimundo chegou a capital no final da década de 1970. Mesmo de longe já alimentava amores pelo futebol e principalmente pelo Goiás. Entrou no departamento amador, como vice-diretor, a convite de Paulo Lopes e Rubens Brandão.

De degrau em degrau, viveu e dedicou intensamente sua vida ao dia a dia do clube. Colaborou na evolução da estrutura de trabalho. Vivenciou os principais momentos da década de 1980 e 1990. Foi importante peça na formação de grandes atletas na base do clube. O sucesso do trabalho e a falta de dinheiro foram elementos que o conduziram para comandar o futebol esmeraldino de 1994 até 2002. Neste período o Goiás conquistou 12 títulos, entre estaduais, regionais e nacionais.

Em 2003, disputou eleição contra Paulo Lopes, apoiado pela família Pinheiro. Venceu por 5 votos diferença. Permaneceu a frente da presidência durante quatro temporadas. Carrega o peso de ter conquistado a inesquecível sequência de vitórias em 2003 e o terceiro lugar em 2005 (a melhor posição da história do clube).

Em 2006 chegou a Libertadores, onde o Goiás foi o nono melhor na classificação geral. Nos anos seguintes viveu períodos de guerra internamento e foi acusado de desvios dos cofres do clube. Raimundo se orgulha de nunca ter sido provado nada. Teve sua imagem arranhada. Mas as vitórias em campo e os bastidores das conquistas serão destaques neste domingo.

IMPERDÍVEL
JÁ NAS BANCAS - A segunda edição do Almanaque do Futebol Goiano já está nas bancas. Todos os detalhes, curiosidades e informações da temporada 2016 em imagens, textos e muito conteúdo.

São mais de 53 mil resultados cadastrados, mais de 6 mil jogadores catalogados e mais de 4 450 fichas completas. No site também estão todas as edições do programa Futebol de Goyaz e suas histórias.

Conhece um ex-jogador? Nos indique. Use o whatapp 062 99666 9146, nosso novo canal de participação com nossos seguidores. Envie áudio, relembre um jogo inesquecível. Peça detalhes de um grande ídolo. Quem sabe, você é o próximo a participar de nosso programa.

Sabe de um potencial anunciante? Nos repasse. Quer dar visibilidade à sua Marca ou Produto? Fale com a gente. Estamos desenvolvendo um trabalho para ficar eternizado na história. Participe conosco!




Mais notícias




Programa de rádio

Edição 156 - Humberto Caçapava

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O Itumbiara participou do Campeonato Brasileiro pela primeira vez em 1979. Na estreia, o time tricolor venceu o Guará (DF), por 3 a 1, no Estádio JK.

Históricos em destaque