21/01/2017 07:44  •  Atualizada em 21/01/2017 07:44

Japão: Conheça a breve e dramática história de um inesquecível camisa 10 do Dragão

O camisa 10 foi um habilidoso jogador que foi revelado pelo Atlético Goianiense e mesmo com uma curta carreira deixou a sua marca nos rubronegros


Vinicius Tondolo/Futebol de Goyaz

A edição deste domingo do Futebol de Goyaz e suas histórias recupera as memórias de um camisa 10 que mesmo com pouco tempos de carreira durante a década de 1970 conseguiu se tornar inesquecível por sua habilidade e poder de decisão. Luiz Antônio Braz, o Japão, meia revelado pelo Atlético Goianiense, se transferiu para Belo Horizonte e acabou voltando ao Dragão onde encerrou a carreira.

Japão é um inhumense com o coração dominado pelo amor a Goiânia, a campininha e ao Dragão rubronegro. Começou no mundo da bola como uma brindadeira sob o comando do "Seu Ataíde" nas categorias de base do Atlético.

Antes de se firmar no profissional, ganhou a oportunidade de fazer um teste no Atlético Mineiro por intermédio de um falso convite organizado pelo folclórico José Calazans. Lutou pela oportunidade e o então técnico Barbatana reconheceu o seu valor. Lá nas Alterosas fez parte do time com Reinaldo, Toninho Cerezo, Marcelo Oliveira e outros grandes craques da equipe alvinegra.

Um telegrama falso mudou os rumos do sonho do meia Japão. Voltou as pressas para Goiânia de onde não saiu mais. Renegociou o retorno ao Dragão onde conquistou o título do torneio amistoso Goiás Rural de 1973. A carreira foi encerrada quatro anos depois de forma dramática.

IMPERDÍVEL

São mais de 52 mil resultados cadastrados, mais de 5 mil jogadores catalogados e mais de 4 400 fichas completas. No site também estão todas as edições do programa Futebol de Goyaz e suas histórias.

Conhece um ex-jogador? Nos indique. Use o whatapp 062 99666 9146, nosso novo canal de participação com nossos seguidores. Envie áudio, relembre um jogo inesquecível. Peça detalhes de um grande ídolo. Quem sabe, você é o próximo a participar de nosso programa.

Sabe de um potencial anunciante? Nos repasse. Quer dar visibilidade à sua Marca ou Produto? Fale com a gente. Estamos desenvolvendo um trabalho para ficar eternizado na história. Participe conosco!

A Rede da Construção apoia o resgate das origens de nossa paixão!



Mais notícias




Programa de rádio

Edição 154 - Richard

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O primeiro clássico entre Anápolis e Anapolina por uma competição nacional aconteceu no dia 25 de janeiro de 1981, no Estádio Jonas Duarte. Tricolores e rubros empataram por 2 a 2, jogo válido pela primeira fase da Taça de Prata, competição que equivale à Série B, do Campeonato Brasileiro.