Wildes Barbosa/Opopular

Frontini


Carlos Esteban Frontini  •  38 anos  •  Atacante
Acessar acervo do jogador (3 itens)



Ficha técnica


Data de nascimento: 19/08/1981
Naturalidade: Buenos Aires (ARG)
Altura: 188 cm
Peso: 82,00 kg
Melhor pé: Direito


Linha do tempo


19/08/1981

Nasce Frontini em Buenos Aires (ARG).
17/05/2013

Diretoria do Vila Nova anuncia a contratação e a chegada do atacante Frontini para a Série C do Brasileirão.
10/12/2014

Diretoria do Vila Nova confirma retorno de Frontini com contrato de 2 anos de duração.
09/01/2015

Atacante Frontini chega em Goiânia com a presença de 200 torcedores colorados no aeroporto Santa Genoveva.
28/04/2015

Devido ao não cumprimento do tempo de prazo entre a comunicação ao clube e o julgamento, o TJD acatou o pedido de adiamento dos processos envolvendo o Vila Nova, Frontini e o goleiro Edson. A sessão foi adiada por uma semana.
04/05/2015

A FGF, em parceria com a Rádio 730, divulgou a seleção do Goianão 2015: Renan (Goiás), Clayton Sales (Aparecidense), Felipe Macedo (Goiás), Mirita (Aparecidense) e Paulo César (Aparecidense); Rodrigo (Goiás), Geovane (Aparecidense); Robert (Aparecidense) e Felipe Menezes (Goiás); Conrado (Trindade) e Nonato (Goianésia). O melhor técnico foi Márcio Azevedo. O melhor jogador da competição foi Felipe Menezes e a revelação foi o volante Rodrigo. Também foram entregues os prêmios de campeão da Divisão de Acesso para o Vila Nova, artilheiro e melhor jogador para Frontini.
17/10/2015

O atacante Frontini completa 50 jogos com a camisa do Vila Nova e marca dois gols na vitória colorado pela Série C
16/08/2016

Presidente do Vila Nova anuncia a saída do atacante Frontini a pedido do próprio jogador que nega nas redes sociais qualquer intenção de deixar o clube
09/12/2016

Diretoria do CRAC anuncia o atacante Frontini para a disputa do Goianão 2017
03/04/2017

Após a confirmação do rebaixamento a Divisão de Acesso, diretoria do Crac acertou a rescisão amigável com os atacantes Sandrinho e Frontini.


Histórico


Na primeira passagem com a camisa do Vila Nova, o atacante Frontini foi o artilheiro do time na competição e na temporada com apenas oito gols. Foi decisivo na marcação de gols importantes, inclusive na conquista do acesso diante do Treze-PB, no estádio Serra Dourada. Sem acerto com a diretoria, acabou se transferindo para o Botafogo-PB.

Retornou em 2015 ao estádio Onésio Brasileiro Alvarenga. No dia 14 de março de 2015, marcou quatro gols em um mesmo jogo, "poker-trick", e igualou feito de Túlio Maravilha que marcou quatro vezes em 2008 contra a Anapolina (duas vezes) e Marília-SP.

Clubes: Mogi Mirim-SP (2001); Vitória-BA (2002); União Barbarense-SP (2003); Vorskla-UCR (2003-04); União Barbarense-SP (2004); Marília-SP (2005); Ponte Preta-SP (2005); Santos-SP (2005); Pohang Steelers-CORS (2006-07); América-RN (2007); Figueirense-SC (2007); Mirassol-SP (2008); Goiás (2008); Botafogo-SP (2009); CRB-AL (2009); Bragantino-SP (2009-10); Remo-PA (2010); Duque de Caxias-RJ (2010); Boavista-RJ (2011); Duque de Caxias-RJ (2011); Ipatinga-MG (2011); Red Bull Brasil-SP (2012); Brasiliense-DF (2012); Volta Redonda-RJ (2013); Vila Nova (2013); Botafogo-PB (2014); Vila Nova (2015-16), Crac (2017).

Conquistas Coletivas:
Acesso para o Campeonato Brasileiro Série B: 2013 (Vila Nova).
Campeão Goiano - Série B: 2015 (Vila Nova)
Campeão Brasileiro da Série C: 2015 (Vila Nova)

Feitos Individuais:
Vencedor do Troféu Túlio Maravilha (artilheiro da temporada no futebol goiano): 2015 (Vila Nova, 23 gols).
Artilheiro do Campeonato Goiano - Série B: 2015 (14 gols, Vila Nova).
Artilheiro do Vila Nova no Campeonato Brasileiro - Série C 2015, com 9 gols.
Artilheiro do Vila Nova no Campeonato Goiano de 2016, com 3 gols.
Artilheiro do CRAC no Campeonato Goiano 2017, com 4 gols.
Melhor jogador do Campeonato Goiano - Série B: 2015
Jogador com mais jogos disputados pelo Vila Nova no Campeonato Goiano de 2016, ao lado do Robston, com 15 partidas.


Estatísticas


Campeonato:
Edição:
Clube:



Partidas disputadas: 114
Vitórias: 55 Empates: 26 Derrotas: 33
Gols marcados: 48 Cartões amarelos: 22 Cartões vermelhos: 2
Gols contra: 0


Partidas




Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O primeiro jogo do Goiás válido pelo Campeonato Brasileiro foi contra o Olaria, no dia 26/08/1973. Goianos e cariocas empataram por 0 a 0, no Estádio Olímpico, em Goiânia.

Históricos em destaque

Paraná-PR (BRA)

7 x 3

Vila Nova-GO (BRA)

Ver histórico completo



Atlético-GO (BRA)

2 x 1

São Bento-SP (BRA)

Ver histórico completo



Fortaleza-CE (BRA)

4 x 3

Goiás-GO (BRA)

Ver histórico completo