Assessoria Atlético Clube Goianiense

Robston


Carlos Robston Ludgero Júnior  •  36 anos  •  Volante
Acessar acervo do jogador (2 itens)



Ficha técnica


Data de nascimento: 23/12/1981
Naturalidade: Gama-DF (BRA)
Altura: 190 cm
Peso: 84,00 kg
Melhor pé: Direito


Linha do tempo


23/12/1981

Nasce Robston em Gama-DF (BRA).
28/07/2013

Vila Nova empata sem gols na estreia de Robston e Felipe Brisola
08/01/2014

O Vila Nova realizou um jogo amistoso de preparação para a temporada 2014 contra o Luziânia, no Estádio Serra do Lago. O Tigre foi derrotado por 2 a 0, com dois gols de Chefe, e ainda viu Robston ser expulso.
06/02/2014

Diretoria do Vila Nova comunica afastamento de volante Robston por uso de cocaína. Jogador está suspenso preventivamente pelo STJD.
09/02/2014

Jogadores do Vila Nova entraram em campo na partida contra o Trindade com uma faixa de apoio ao volante Robston. O meio-campista foi suspenso por doping.
12/02/2014

Após a notícia da suspensão por doping, o volante Robston retornou ao cotidiado do Vila Nova para treinar e concedeu entrevista coletiva à imprensa.
20/03/2014

Robston teve recurso negado pelo STJD e sua punição por doping foi mantida. Dois anos de suspensão, com atenuante que pode reduzir a pena pela metade, caso comprove mensalmente que não está usando cocaína.
24/03/2014

Diretoria do Vila Nova e Robston chegaram a um acordo para antecipar o fim do contrato entre as partes. O vínculo se encerraria no dia 14 de abril, mas foi encerrado de forma amigável antes.
06/02/2015

Encerra o período de 1 ano de suspensão imposta pelo STJD ao volante Robston por causa de doping. O jogador não poderá jogar contra o Santa Helena por ainda não ter a liberação oficial para atuar.
04/05/2015

Presidente do Vila Nova, Guto Veronez, confirma renovação com o Robston, acerto com lateral Marcelo da Anapolina e as liberações de Igor Eloy e Badé
05/05/2015

Vila Nova acerta a contratação de volante Ramires por empréstimo do Anápolis e confirma a saída de Osmar e Bruno Bêra. Robston e Vinicius Simon renovaram até o fim da temporada.
01/12/2015

Presidente Guto Veronez confirma a renovação de contrato do volante Robston por mais uma temporada.
10/05/2016

Federação Goiana de Futebol anuncia seleção do Campeonato Goiano em festa: goleiro Felipe, laterais Marcelo e Juninho, zagueiros Renato Justi e Vinicius Simon; volantes Róbston e Felipe Baiano; Meias Lucas Sotero e Wagner; atacantes Nonato e Carlos Eduardo. Técnico Waldemar Lemos. Árbitro Eduardo Tomaz e os auxiliares Bruno Pires e Fabrício Vilarinho. O atacante Galeno foi eleito a revelação do campeonato e Carlos Eduardo, a fera da competição.
04/08/2016

Após a saída de Edson, a diretoria do Vila Nova acerta a rescisão de contrato com o volante Robston que se transfere para o Cuiabá-MT
04/02/2017

Diretoria do Anápolis demite Charles Fabian após os fracassos nas primeiras rodadas e anuncia o nome de Caio Autuori como substituto e confirma a chegada do volante Robston para a sequência do estadual
16/03/2017

Diretoria do Anápolis acerta a rescisão de contrato com o volante Robston que em entrevista anunciou que gostaria de encerrar a carreira com a camisa do Vila Nova
27/06/2017

Com dois resultados negativos consecutivos, diretoria do Goiânia anuncia a contratação dos volantes Robston e Francesco, os meias Leandro Bulhões e Lausen e os atacantes João de Deus e David.


Histórico


Revelado pelo Gama-DF, o volante Robston teve seu início de carreira marcado por uma grave contusão no joelho. O jogador se machucou sozinho durante a final da Copa Centro-Oeste de 2002, em jogo contra o Goiás, no estádio Serra Dourada.

Sua recuperação foi comprometida após uma cirurgia mal sucedida, que o fez ficar por cerca de dois anos no departamento médico do Gama-DF. Incentivado pelo então senador e presidente do Brasiliense, Luis Estevão, se mudou para o clube de Taguatinga. Onde foi submetido a uma nova cirurgia.

De volta aos gramados em 2004, Robston defendeu o Brasiliense por duas temporadas até ser contratado pelo Atlético-GO. Na equipe rubro-negra disputou o campeonato goiano de 2006 onde ficou com o Vice-campeonato.Ainda em 2006, o volante defendeu o Ituano-SP, onde disputou o Campeonato Brasileiro da série B.

De volta ao Atlético-GO, em 2007, Robston ajudou o Dragão a voltar a conquistar um campeonato estadual após 19 anos. Na mesma temporada, chegou com a equipe rubro-negra a fase final do campeonato brasileiro da série C. E viu as chances de acesso à segunda divisão serem frustradas por uma derrota por 2 a 1 para o Barras-PI no estádio Albertão em Teresina.

Em 2008, depois de rápida passagem pelo Botafogo-RJ, Robston retorna ao Atlético-GO onde permanece até 2011. Neste período, participou do título da série C de 2008, do acesso à série A em 2009 e ainda esteve na conquista do campeonato goiano de 2010 e na campanha de classificação às semifinais da Copa do Brasil no mesmo ano.

Depois de passagens por Atlético-PR, Sport-PE, Vitória-BA e Ceará. O jogador retornou para o Atlético-GO em 2013. No mesmo ano se transferiu para o Vila Nova-GO, onde conquistou o acesso ao campeonato brasileiro da série B.

De contrato renovado com a equipe colorada, Robston começou a disputar o campeonato goiano de 2014. Porém, após ser pego em exame antidoping por uso de cocaína foi suspenso por dois anos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Clubes: Gama-DF (1999 - 2003); Brasiliense-DF (2004-2005); Atlético-GO (2006); Ituano-GO (2006) Atlético-GO (2007); Botafogo-RJ (2008); Atlético-GO (2008-2011); Atlético-PR (2011); Sport-PE (2011); Vitória-BA (2012); Ceará-CE (2012); Atlético-GO (2013); Vila Nova-GO (2013-2016); Cuiabá-MT (2016); Botafogo-PB (2017); Anápolis (2017); XV de Piracicaba (2017); Goiânia (2017); Gama (2018); Goianésia (2018).


Conquistas coletivas:
Campeão Goiano: 2007, 2010 e 2011 (Atlético-GO)
Campeão Brasileiro da Série C: 2008 (Atlético-GO); 2015 (Vila Nova)
Acesso para o Campeonato Brasileiro Série A: 2009 (Atlético-GO); 2011 (Sport-PE)
Acesso para o Campeonato Brasileiro Série B: 2008 (Atlético); 2013 (Vila Nova-GO)
Campeão Goiano - Série B: 2015 (Vila Nova)

Feitos individuais:
Melhor volante do Campeonato Goiano: 2009, 2013 (Atlético), 2016 (Vila Nova)
Melhor jogador do Campeonato Goiano: 2010 (Atlético)
Artilheiro do Atlético-GO na Copa do Brasil de 2010, com 4 gols.
Artilheiro do Atlético na Copa do Brasil de 2013, ao lado de John Lennon e Caio, com 2 gols.
Jogador com mais jogos disputados pelo Vila Nova no Campeonato Goiano de 2016, ao lado do Frontini, com 15 partidas.





Estatísticas


Campeonato:
Edição:
Clube:



Partidas disputadas: 225
Vitórias: 108 Empates: 52 Derrotas: 65
Gols marcados: 35 Cartões amarelos: 75 Cartões vermelhos: 1
Gols contra: 0


Partidas




Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O Vila Nova foi o primeiro time goiano a disputar uma competição internacional oficial. Em 1999, o time colorado participou da Copa Conmebol.

Históricos em destaque

Avaí-SC (BRA)

5 x 6

Atlético-GO (BRA)

Ver histórico completo



Vila Nova-GO (BRA)

1 x 1

Brasil de Pelotas-RS (BRA)

Ver histórico completo



Sampaio Corrêa-MA (BRA)

0 x 2

Goiás-GO (BRA)

Ver histórico completo