Campeonato Goiano 2019

86 jogos, 210 gols, média de 2,44 gols por jogo



Listar todas as edições de Campeonato Goiano


Campeão Artilharia
Atlético
18j  14v  2e  2d
Alan Mineiro

Vila Nova
9 gols



Lista de jogos



Primeira fase

PG J V E D GP GC S %
1 Goiás 31 12 10 1 1 21 7 14 86,1
2 Atlético 28 12 9 1 2 22 14 8 77,8
3 Goianésia 20 12 6 2 4 20 15 5 55,6
4 CRAC 20 12 6 2 4 12 12 0 55,6
5 Vila Nova 19 12 5 4 3 16 13 3 52,8
6 Goiânia 16 12 5 1 6 14 14 0 44,4
7 Anapolina 15 12 4 3 5 15 19 -4 41,7
8 Aparecidense 14 12 4 2 6 12 15 -3 38,9
9 Grêmio Anápolis 12 12 3 3 6 12 14 -2 33,3
10 Iporá 10 12 2 4 6 9 15 -6 27,8
11 Itumbiara 9 12 1 6 5 9 14 -5 25,0
12 Novo Horizonte 6 12 1 3 8 9 19 -10 16,7




Quartas de final


Data/hora Jogo Estádio
23/03/2019 18:00 Anapolina 0 x 3 Atlético Jonas Duarte (BRA)
26/03/2019 20:30 Atlético 4 x 1 Anapolina Antônio Accioly (BRA)


Data/hora Jogo Estádio
23/03/2019 16:00 Vila Nova 2 x 0 CRAC Novo Olímpico (BRA)
27/03/2019 20:30 CRAC 1 x 0 Vila Nova Genervino da Fonseca (BRA)



Semifinal

Data/hora Jogo Estádio
30/03/2019 16:00 Goiânia 0 x 3 Goiás Novo Olímpico (BRA)
06/04/2019 16:00 Goiás 3 x 1 Goiânia Serrinha (BRA)

Data/hora Jogo Estádio
31/03/2019 16:00 Vila Nova 1 x 1 Atlético Novo Olímpico (BRA)
07/04/2019 16:00 Atlético 1 x 0 Vila Nova Antônio Accioly (BRA)



Final

Data/hora Jogo Estádio
14/04/2019 16:00 Atlético 3 x 0 Goiás Novo Olímpico (BRA)
21/04/2019 16:00 Goiás 0 x 1 Atlético Novo Olímpico (BRA)


Regulamento


O Campeonato Goiano de Profissionais da 1ª Divisão – Edição 2019 será disputado em 04
(quatro) Fases:
1ª FASE
Art. 6º – Na 1ª Fase as 12 (doze) associações estão divididas em 02 (dois) grupos assim constituídos,
através de sorteio dirigido a partir de seis duplas regionalizadas na medida do possível, observado
também os aspectos técnico e de tradição, sorteadas, ficando cada dupla em cada um dos dois grupos,
conforme aprovado por unanimidade no Conselho Técnico do Campeonato realizado dia 08/11/2018:
GRUPO A (Goiás, Aparecidense, CRAC, Anapolina, Goianésia e Itumbiara) e GRUPO B (Atlético, Vila Nova, Goiânia, Grêmio Anápolis, Novo Horizonte e Iporá)

Os jogos acontecerão em 02 (dois) Turnos, pontos corridos, na seguinte forma e sequência:
I TURNO
As 06 (seis) associações do Grupo “A” enfrentarão as 06 (seis) associações do Grupo “B” em jogos
de IDA.
II TURNO
As 06 (seis) associações do Grupo “A” enfrentarão as 06 (seis) associações do Grupo “B” em jogos
de VOLTA, invertido o mando de jogo do I Turno.

Classificam-se para as Quartas de Final 08 (oito) associações, quais sejam, as oito primeiras
colocadas em número de pontos ganhos independente do Grupo a que pertençam, enquanto as 2
(duas) últimas associações colocadas por pontos ganhos na 1ª Fase, independentemente de Grupo,
serão rebaixadas para a Divisão de Acesso (2ª Divisão) de 2020.
§ Único – Caso duas ou mais associações terminarem a 1ª Fase em igualdade de pontos ganhos, para
se conhecer a associação melhor colocada, inclusive para efeito de fuga do rebaixamento, serão
adotados individual e sucessivamente os seguintes critérios de desempate:
a) Maior número de vitórias na 1ª Fase;
b) Melhor saldo de gols na 1ª Fase;
c) Maior número de gols à favor na 1ª Fase;
d) Menor número de cartões vermelhos recebidos na 1ª Fase;
e) Menor número de cartões amarelos recebidos na 1ª Fase;
f) Sorteio.
Art. 7º - Na hipótese de alguma associação abandonar ou ser excluída do Campeonato, serão
adotados os seguintes procedimentos:
§ 1º - Esta associação já será uma das 2 (duas) rebaixadas.
§ 2º - Será aplicado o quociente técnico (número de pontos ganhos dividido pelo número de jogos
realizados) para se conhecer tanto as 8 (oito) associações classificadas para as Quartas de Final
quanto a outra associação a ser rebaixada para a Divisão de Acesso (2ª Divisão) de 2020.
§ 3º - Será aplicado o mesmo quociente para os ítens descritos nas letras a), c), d) e e), excetuando-se
portanto a letra b), individual e sucessivamente, para os critérios de desempate constantes do
parágrafo único do artigo anterior das presentes Normas, caso seja necessário. O critério de
desempate descrito na letra b), no caso, não depende da aplicação do citado quociente, uma vez que
sua aferição independe do número de jogos que cada associação realiza.
§ 4º - Se o abandono de que trata o ‘caput’ deste artigo ocorrer depois que a associação iniciou sua
participação no Campeonato, os resultados de suas partidas serão mantidos, e em seus demais jogos
constantes da tabela, os seus adversários serão considerados vencedores pelo escore de 3 x 0 (três a
zero), conforme estabelece nesse caso, o Regulamento Geral das competições promovidas pela FGF.
2ª FASE (Quartas de Final)
Art. 8º – As 08 (oito) associações classificadas na 1ª Fase, formarão 04 (quatro) grupos de 2 (duas)
associações cada e jogarão dentro de cada grupo, em jogos de Ida e Volta, sendo que a partida de
volta (2º jogo) terá o mando de campo da associação melhor colocada na 1ª Fase, ou seja, na
classificação geral da 1ª Fase, observado o previsto no artigo anterior e seus parágrafos destas
Normas, caso ocorra, portanto as associações 1ª, 2ª, 3ª e 4ª colocadas terão o mando de campo da partida de volta (2º jogo). Classificam-se para a Fase Semifinal, a associação que obtiver o maior
número de pontos ganhos nas duas partidas em cada um dos grupos.
§ 1º – Caso as duas associações de cada grupo, após o 2º jogo tenham conquistado o mesmo número
de pontos ganhos, estará classificada para a Fase Semifinal a associação com o melhor saldo de gols
nesta Fase (somente nos dois jogos), persistindo a igualdade, a definição da associação classificada
para a Fase Semifinal se dará através da decisão por pênaltis, de acordo com o que preceitua a
International Board.
§ 2º – A composição dos 04 (quatro) grupos desta Fase ficam assim constituídos:
Grupo “C” – 1ª colocada geral da 1ª Fase X 8ª colocada geral da 1ª Fase
Grupo “D” – 2ª colocada geral da 1ª Fase X 7ª colocada geral da 1ª Fase
Grupo “E” – 3ª colocada geral da 1ª Fase X 6ª colocada geral da 1ª Fase
Grupo “F” – 4ª colocada geral da 1ª Fase X 5ª colocada geral da 1ª Fase
3ª FASE (Semifinal)
Art. 9º – As 04 (quatro) associações classificadas nas Quartas de Final, formarão 02 (dois) grupos de
2 (duas) associações cada e jogarão dentro de cada grupo, em jogos de Ida e Volta, sendo que a
partida de volta (2º jogo) terá o mando de campo da associação melhor colocada na somatória de
pontos ganhos da 1ª Fase + Quartas de Final, ou seja, na classificação geral da 1ª Fase + Quartas de
Final, observado o previsto no artigo 7º e seus parágrafos destas Normas, caso ocorra, portanto as
associações 1ª e 2ª colocadas terão o mando de campo da partida de volta (2º jogo). Classificam-se
para a Fase Final, a associação que obtiver o maior número de pontos ganhos nas duas partidas em
cada um dos grupos.
§ 1º – Caso as duas associações de cada grupo, após o 2º jogo tenham conquistado o mesmo número
de pontos ganhos, estará classificada para a Fase Final a associação com o melhor saldo de gols nesta
Fase (somente nos dois jogos), persistindo a igualdade, a definição da associação classificada para a
Fase Final se dará através da decisão por pênaltis, de acordo com o que preceitua a International
Board.
§ 2º – A composição dos 02 (dois) grupos desta Fase ficam assim constituídos:
Grupo “G” – 1ª colocada geral da 1ª Fase + Quartas de Final X 4ª colocada geral da 1ª Fase +
Quartas de Final
Grupo “H” – 2ª colocada geral da 1ª Fase + Quartas de Final X 3ª colocada geral da 1ª Fase +
Quartas de Final

FEDERAÇÃO GOIANA DE FUTEBOL
www.fgf.esp.br
EDIFÍCIO THE PRIME TAMANDARÉ OFFICE 22º ANDAR - RUA 5 Nº 691
SETOR OESTE – GOIÂNIA – GO CEP: 74.115-060 – FONE: (62) 3218-2311 – FAX: (62) 3920-9050
4ª FASE (Final)
Art. 10 – As duas associações classificadas na 2ª Fase (Semifinal) decidirão o título de Campeã
Goiana de Profissionais da 1ª Divisão – Edição 2019, em 2 (dois) jogos, Ida e Volta, sendo que a
partida de volta (2º jogo) terá o mando de campo da associação que tiver conquistado o maior
número de pontos ganhos ao longo de todo o Campeonato (1ª Fase + 2ª Fase (Quartas de Final) + 3ª
Fase (Semifinal)), observado o previsto no artigo 7º e seus parágrafos destas Normas, caso ocorra,
sagrando-se campeã a associação que conquistar o maior número de pontos ganhos nos dois jogos.
§ 1º – Caso as duas associações tenham durante todo o Campeonato conquistado o mesmo número de
pontos ganhos, observado o previsto no artigo 7º e seus parágrafos destas Normas, caso ocorra, para
se conhecer a associação mandante da 2ª partida, serão adotados individual e sucessivamente os
seguintes critérios de desempate:
a) Maior número de vitórias no Campeonato (1ª Fase + 2ª Fase (Quartas de Final)
+ 3ª Fase (Semifinal));
b) Melhor saldo de gols no Campeonato (1ª Fase + 2ª Fase (Quartas de Final) + 3ª
Fase (Semifinal));
c) Maior número de gols à favor no Campeonato (1ª Fase + 2ª Fase (Quartas de
Final) + 3ª Fase (Semifinal));
d) Menor número de cartões vermelhos recebidos no Campeonato (1ª Fase + 2ª
Fase (Quartas de Final) + 3ª Fase (Semifinal));
e) Menor número de cartões amarelos recebidos no Campeonato (1ª Fase + 2ª
Fase (Quartas de Final) + 3ª Fase (Semifinal));
f) Sorteio.
§ 2º – Caso as duas associações finalistas, após o 2º jogo, tenham conquistado o mesmo número de
pontos ganhos, será declarada Campeã, a associação com o melhor saldo de gols nesta Fase (somente
nos dois jogos), persistindo a igualdade, a definição da associação campeã se dará através da decisão
por pênaltis, de acordo com o que preceitua a International Board.





Programa de rádio

Edição 160 - Célio Gaúcho

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


O primeiro jogo entre Atlético e Goiânia aconteceu no dia 31/07/1938, no campo da Av. 24 de outubro. O Goiânia venceu a partida por 1 a 0, gol de Sebinha.

Históricos em destaque

Paraná-PR (BRA)

7 x 3

Vila Nova-GO (BRA)

Ver histórico completo



Atlético-GO (BRA)

2 x 1

São Bento-SP (BRA)

Ver histórico completo



Fortaleza-CE (BRA)

4 x 3

Goiás-GO (BRA)

Ver histórico completo