Acervo - Times


Voltar para a listagem de categorias

  • Tag Times

    GOIANÁS 1969: Da esquerda para a direita. De pé: Nivaldinho, Jacó, Jader, Antônio, Roldão e Bino. Agachados: Tobias, Graciano, Hilton, Evander, Mutão, Carlinhos e Aleci. - Foto: Alcione Amaral

  • Tag Times

    ATLÉTICO 1990: Time campeão brasileiro da Série C. Da esquerda para a direita. De pé: Márcio Defendi, Sussumo Taia (médico), André, Luís Almeida, Varta, Meri, Zé Valdo e Silvio Lemos (treinador de goleiros). Agachados: Mussum (massagista), Gilson Batata, Ramon, Silvio, Júlio César e Paulo César. - Foto: O Popular

  • Tag Times

    GOIÂNIA 1990: Da esquerda para a direita. De pé: Rubens Carlos, Jecimar, Airton, Janilson, Fabinho e Magalhães. Agachados: Paulinho, Eduardo, Guga, Paulo César Jabuticaba e Luiz Carlos. - Foto: Eduardo Santos

  • Tag Times

    GOIÂNIA 1943: Da esquerda para a direita. De pé: Clóvis, Pão Duro, Geraldino, Dito, Mateba, Geraldo, Gil, Afonsinho, Vavá, Navarra e Lampeão. Os jogadores agachados não foram identificados. - Foto: Sport Ilustrado

  • Tag Times

    ATLÉTICO 1947: Da esquerda para a direita. De pé: Orlando Ferezin (treinador), Paulista, Elpídio, Paquetito, Tocafundo, Pão Duro, Waldemar, Roberto e Antônio Accioly (presidente). Agachados: Tarzan, Cisquinho, Ary, Dido, Washington e Goia Segurado. - Foto: Sport Ilustrado

  • Tag Times

    GOIÂNIA 1948: - Foto: Martins / Sport Ilustrado

  • Tag Times

    GOIÂNIA 198X: Rondinelli, Nascimento, Odon, Salermo, Eduardo e Dalton. Agachados: Niltinho, Fagundes, Geldo, Rubinho e Delém. - Foto: José Rubens

  • Tag Times

    GOIÁS 2016: Time que venceu o Ríver-PI no dia 27/04/2016. - Foto: Site oficial do Goiás

  • Tag Times

    Quirinópolis - Campeão Goiano da Segunda Divisão de 1988 - Foto: Acervo pessoal/Fantato

  • Tag Times

    Itumbiara década de 1970 - Foto: Acervo pessoal/Fantato



Programa de rádio

Edição 144 - Odon

Todos os domingos às 12h na Rádio 730

Enciclopédia


Em 1965, a Fundação de Esportes proibiu jogos amistosos entre times goianos e equipes como São Paulo, Vasco, Santos e Botafogo para evitar o "estrangeirismo". Como medida, a fundação passou a cobrar taxa de 34% sobre a renda bruta dos jogos diante desses adversários.